SapoTelecom
Pesquisar
FacebbokTwitterLinkedinSapo VídeosFoursquare
NOTÍCIAS
    pesquisar noticias financeiras
14 Abr 1997 16:28 A Portugal Telecom, British Telecom e a MCI anunciam Aliança Estratégica

A Portugal Telecom, a BT e a MCI anunciaram hoje uma aliança estratégica dirigida ao mercado das telecomunicações em Portugal e na América Latina. Nos termos do acordo, a Portugal Telecom irá distribuir os serviços da Concert, podendo deste modo oferecer o mais avançado conjunto de serviços globais de telecomunicações às empresas multinacionais em Portugal.

A Portugal Telecom e a MCI irão explorar futuras oportunidades no Brasil, o maior mercado de telecomunicações da América Latina, país onde a Portugal Telecom constituiu uma aliança com a Telebrás, a maior empresa de telecomunicações do país. O Brasil é um mercado de cerca de 14 milhares de milhão de dólares e representa só por si cerca de 40% do total do tráfego internacional da América Latina. Adicionalmente, as empresas procurarão outras oportunidades de negócio em outros países da América Latina, os quais, conjuntamente, representam um mercado de telecomunicações que actualmente é de 36 milhares de milhão de dólares e que se prevê atingir mais de 60 milhares de milhão de dólares pelo ano 2000.

Com o objectivo de reforçar a Aliança, a BT e a MCI irão adquirir 1% e 0,5%, respectivamente, do capital da Portugal Telecom no âmbito da próxima fase da privatização da empresa , a qual se espera vir a ocorrer durante o corrente ano.

"Estamos muito satisfeitos com o resultado final deste processo", declarou Murteira Nabo, Presidente da Portugal Telecom. "Iremos trabalhar em estreita colaboração com a BT e a MCI para atingirmos os nossos objectivos no domínio do alinhamento estratégico. Estou confiante que este acordo de cooperação nos permitirá, não só desenvolver um relacionamento mutuamente benéfico, mas igualmente trabalhar em equipa com a finalidade de tirar proveito de oportunidades de negócio a nível mundial, particularmente no Brasil. Este alinhamento estratégico preenche o nosso objectivo de prosseguir o desenvolvimento de uma empresa mais competitiva num ambiente cada vez mais liberalizado, criando valor para os nossos accionistas."

"Esta Aliança vem sublinhar o ritmo muito rápido de mudança que está a ocorrer nas comunicações globais" disse o Presidente da BT. "Estamos satisfeitos por estarmos associados a um processo que mudará a face dos mercados na Europa e na América Latina, em benefício de milhões de consumidores nestas regiões."

"Temos todo o prazer em que a Portugal Telecom se junte a nós para oferecer aos seus clientes os benefícios dos serviços de telecomunicações globais" declarou o Presidente da MCI. "A Portugal Telecom será um parceiro ideal para a BT e para a MCI dado que levamos a experiência de concorrência aos consumidores em todo o Mundo."

A Aliança permitirá às empresas envolvidas reforçar os seus pontos fortes em diversas áreas, tais como:

Partilha de "Know-how"

A Aliança permitirá à Portugal Telecom tirar partido das capacidades específicas da BT e da MCI para fortalecer a sua estratégia de crescimento num mercado Europeu cada vez mais competitivo. A Portugal Telecom poderá apoiar-se na experiência da BT e MCI em operar em mercados competitivos, em marketing e em redes globais para atingir os seguintes objectivos fundamentais para a sua estratégia empresarial:

desenvolvimento de um conjunto de serviços globais de telecomunicações para os seus clientes multinacionais;
reforço do portfolio de serviços para os cientes nacionais através de transferência de conhecimentos e das tecnologias mais avançadas;
expansão em novos serviços e mercados internacionais.

Serviços sobre Redes Globais

Os serviços de telecomunicações globais oferecidos pela Concert, disponíveis actualmente em 41 países, serão distribuídos em Portugal pela Portugal Telecom. A Rede Global da Concert é a mais avançada a nível mundial estando presente em mais de 800 cidades em todo o mundo, tal como a primeira rede mundial da Internet, a Concert InternetPlus.

Expansão na América Latina

A Aliança com a Portugal Telecom permitirá à BT e à MCI expandir rapidamente a sua presença ainda emergente na América Latina. Numa primeira fase, a Portugal Telecom e a MCI procurarão oportunidades no Brasil, país que iniciou o processo de privatização do seu mercado de telecomunicações. Adicionalmente as duas companhias explorarão oportunidades que venham a surgir na América Latina.

A MCI, o segundo maior carrier de tráfego internacional entre os Estados Unidos e a América Latina e o maior operador de circuitos alugados, está já presente em 17 países na América Latina. Por seu lado, a Portugal Telecom opera uma das maiores companhias de paging no Brasil e tem volumes consideráveis de tráfego internacional para esta região.

A 3 de Novembro de 1996, a BT e a MCI, anunciaram a fusão das duas companhias, com a criação de uma nova companhia, a Concert plc. A fusão deverá estar finalizada no Outono do corrente ano.

A Portugal Telecom está cotada em Lisboa e Nova Iorque e tem actualmente uma capitalização bolsista de cerca de 570 milhões de contos, considerando o valor de mercado dos 49% do capital que estão actualmente cotados em Bolsa. As receitas de exploração consolidadas atingiram 485 milhões de contos em 1996.

A BT, constituída em 1984 no Reino Unido como sociedade anónima, é uma das mais importantes empresas de serviços de telecomunicações a nível mundial. Com uma capitalização bolsista de cerca de 44 milhares de milhão de dólares, a BT é a quarta maior empresa de telecomunicações do mundo e emprega 129 mil pessoas. Os proveitos situaram-se em cerca de 22,1 milhares de milhão de dólares no ano fiscal terminado em Março de 1996.

A MCI, tem sede em Washington D.C. e oferece um conjunto integrado de serviços de telecomunicações a mais de 20 milhões de clientes. Responsável pela abertura do mercado de longa distância nos EUA, a MCI lidera actualmente a ofensiva ao mercado de telecomunicações locais (estimado em 100 milhares de milhão de dólares) recentemente aberto à concorrência, oferecendo aos consumidores americanos pela primeira vez a possibilidade de poderem escolher entre várias companhias o seu fornecedor de telecomunicações locais. Tendo atingido proveitos de cerca de 18,5 milhares de milhão de dólares em 1996, a MCI é não só uma das maiores empresas de telecomunicações do mundo, mas também uma das de crescimento mais rápido.

Lisboa, 14 de Abril de 1997







partilhar notícia