SapoTelecom
Pesquisar
FacebbokTwitterLinkedinSapo VídeosFoursquare
TMN: sete milhões de originais
terça-feira, 29 de Setembro de 2009
A TMN volta a assinalar mais um marco na história das telecomunicações em Portugal e anuncia a conquista de sete milhões de clientes.

Em conferência de imprensa, Zeinal Bava
anunciou os sete milhões de clientes TMN

No ano de 1991 nascia o primeiro operador móvel português: a TMN – Telecomunicações Móveis Nacionais, SA. Empresa pioneira no mercado português, a TMN soma várias conquistas e lançamentos de produtos e serviços inovadores à medida das necessidades de todos e de cada um.

Inovação e orientação para o cliente são as principais linhas de actuação da operadora que, dezoito anos após a sua génese, continua a assinalar marcos históricos e a deter a preferência dos portugueses no sector das comunicações móveis. A 22 de Outubro de 2007, a TMN anunciava a confiança de seis milhões de clientes e, menos de dois anos depois, comunica a existência de sete milhões de originais. A TMN é assim o número um dos portugueses e assinala mais um marco histórico que reforça a sua destacada posição de liderança no mercado móvel, em Portugal.

Em conferência de imprensa, realizada na sede da TMN, em Lisboa, Zeinal Bava agradeceu a confiança dos clientes e salientou que “é um incentivo para fazer mais e melhor”. O presidente executivo da PT agradeceu ainda o empenho e dedicação dos colaboradores no alcance de mais esta conquista e afirmou que a TMN revolucionou a maneira como os portugueses vivem.

Durante a apresentação, o CEO da PT deu a conhecer os pilares que sustentaram o sucesso da TMN como é o caso do lançamento do Mimo, primeiro pré-pago do Mundo e a aposta estratégica no serviço de dados, bem como alguns dos serviços que acompanham as tendências do futuro.

Com a sua liderança, ancorada numa consolidada estratégia de inovação, a TMN contribui para colocar Portugal na linha da frente da taxa de penetração móvel da Europa, facto que se deve a cada um dos seus sete milhões de clientes. Consciente de que conta com a sua confiança, mais do que o presente, a TMN comemora hoje o futuro, preparando-se para continuar a determinar a comunicação através do telemóvel, no pressuposto de que o telemóvel é um canal por excelência de contacto e interacção com o Mundo.  

TMN reforça liderança a cada novo milhão de clientes

No ano em que alcança sete milhões de clientes, a TMN destaca-se pela liderança no mercado empresarial com o Office Box, um serviço diferenciador para PMEs, e nos programas e.escola e e.escolinha, através dos quais já distribuiu mais de 720 mil computadores e acessos banda larga móvel. Recorde-se que a qualidade do serviço de banda larga móvel da TMN foi novamente reconhecido, em 2009, pela Anacom como aquele que apresenta o melhor desempenho, o mais fiável e o mais rápido. Ainda este ano, a TMN permitirá aos seus clientes navegarem na internet com velocidades até 21Mbps.

A TMN está também na dianteira no que diz respeito à comercialização de smartphones, com 53,3 por cento de quota de mercado neste segmento. De salientar, o TMN Bluebelt, primeiro smartphone de marca TMN, e o HTC Magic, primeiro smartphone a ser lançado em Portugal com a plataforma Android™, como casos de sucesso.

Em 2006, ano em que comemorava seis milhões de clientes, a operadora lançou o Mobile TV, actualmente denominado Meo Mobile, estendendo a caixa que mudou o mundo ao ecrã do telemóvel.

No ano em que assinalava cinco milhões de clientes, em 2005, a operadora reinventou-se enquanto marca, assumindo-se como relationship brand. Com quatro milhões de clientes, em 2002, a TMN possibilitou aos seus clientes, enviar fotografias através do telemóvel, via MMS e no ano anterior, com três milhões de clientes, apresentou um dos primeiros serviços de localização de veículos em tempo real, o Frotalink. Antes de se destacar, em 2000, como o primeiro operador a lançar comercialmente a tecnologia GPRS, a TMN atingiu dois milhões de clientes em 1999 e um milhão de clientes em 1998. Mas o pontapé de saída para a liderança da TMN foi dado em 1995 com o lançamento do Mimo, o serviço que levou à democratização e popularização da utilização do telemóvel em Portugal.  

TMN, 7 milhões de clientes, todos originais

A partir de hoje, e até ao próximo dia 29 de Outubro, está no ar a campanha de comunicação ‘TMN, 7 milhões de originais’ que parte do conceito base de que cada um dos sete milhões de clientes da TMN é único nas suas necessidades, expectativas e relação com a marca.

Da autoria criativa da Partners e com presença em televisão, imprensa, mupis, internet e acções de rua, a campanha apresenta dez personagens que resultam de morphings protagonizados por vinte personalidades portuguesas conhecidas e ligadas à TMN e à sua estratégia de patrocínios: Ricardo Araújo Pereira e José Diogo Quintela, Inês Castelo-Branco e Lúcia Moniz, Sá Pinto e Rui Costa, Fátima Lopes e Ana Salazar, Vítor Baía e Rui Reininho, Francisco Lobato e Tiago Pires, Nayma e Jô, Álvaro Parente e Carlos Sousa, Bruno Magalhães e Armindo Araújo, Michelle Brito e Telma Monteiro. 

Filme campanha Sá Costa  Filme campanha Inês Moniz  Filme campanha Ricardo Quintela

Luís Avelar e Zeinal Bava com algumas das figuras mediáticas que marcam presença na campanha TMN

Mais importante do que as características que possam ter em comum pela actividade profissional através da qual são conhecidos ou, até mesmo, pelo morphing a que esta campanha de comunicação os submete, as dez figuras mediáticas têm em comum o facto de pertencerem a uma mesma rede: a rede TMN. De acordo com Luís Avelar, administrador da PT, que apresentou a nova campanha “os clientes são cada um deles, um cliente único”. A combinação dos dez clientes originais é uma “combinação de personalidades e que geram portugueses realmente originais”. A TMN é uma “rede de pessoas únicas”.

“Queremos celebrar estes sete milhões com uma mensagem” de agradecimento pela confiança, afirmou Zeinal Bava. E por isso, de forma a assinalar este marco, a TMN “vai envolver os clientes nesta campanha”. Desta forma, os clientes TMN serão convidados a participar, criando os seus próprios “originais”. Trata-se de uma “campanha original e marca a disrupção com tudo que fizemos no passado”.

A TMN promove ainda várias acções de envolvimento como, por exemplo, concursos on-line e promoções temáticas relacionadas com o número sete.

“Obrigado, 7 milhões.”

www.tmn.pt

partilhar notícia