26/05/2021

Resultados 1.º Trimestre 2021: Altice Portugal apresenta crescimento de Receitas

"Num trimestre marcado por um novo confinamento total, a Altice Portugal volta a dar provas da sua resiliência, bem patente no desempenho financeiro e operacional, que reforça a sua liderança absoluta em todos os serviços de telecomunicações no País", Alexandre Fonseca, Presidente Executivo da Altice Portugal

A deterioração da situação pandémica obrigou a um novo período de confinamento durante o 1.º trimestre do ano, mas a resiliência da Altice Portugal ficou mais uma vez demostrada ao registar um crescimento homólogo das Receitas de 5,1%, atingindo 549,1M€. Para tal, foi decisiva a evolução da Base de Clientes e de Serviços da Empresa, quer no Negócio Fixo, quer no Negócio Móvel, potenciando a liderança do Mercado das Comunicações Nacional, em todos os Segmentos e Produtos. O desempenho operacional resultou da dinâmica e da sustentabilidade da atividade de ambos os Segmentos – Consumo e Serviços Empresariais –, aliado à aposta em diferentes pilares: Qualidade de Serviço ao Cliente, Robustez e Segurança das Redes e Diversificação do Portefólio de Serviços oferecidos.

O EBITDA apresentou um decréscimo homólogo de 2,8%, fixando-se em 204,3M€, em linha com as previsões. A curva evolutiva da receita foi acompanhada pelo incremento de Custos Diretos e Comerciais para suportar níveis elevados de crescimento quer da base de subscritores, quer da diversificação de portefólio, apesar da continuada disciplina de controlo dos custos operacionais.

A Altice Portugal assegurou o seu compromisso com o Investimento, tendo o Capex atingido 111,3M€, um crescimento homólogo de +6,8%. No final de março de 2021, a Altice Portugal expandiu a sua rede de fibra ótica em 97 mil casas, das quais 73 mil foram realizadas na rede da FastFiber, encerrando o 1.º trimestre do ano com um total de 5,7 milhões de casas passadas.

O crescimento da Base de Clientes, em ambos os negócios, foi alavancado pela manutenção do ritmo de Angariação no mercado, articulado com o controlo do Churn.

Embora os impactos da pandemia COVID-19 ainda se façam sentir um ano após a sua chegada a território nacional, o 1.º trimestre de 2021 revelou o ímpeto e a capacidade de resposta da Altice Portugal nos principais indicadores financeiros e operacionais. A Altice Portugal soube adaptar-se e encarar o desafio, através das várias unidades de negócio da Empresa que envidaram o maior esforço e empenho em ajudar os Particulares e as Empresas a ultrapassar este momento de séria dificuldade, através da diversificação de serviços e ofertas comerciais que procuram a melhoria das condições económicas e sociais de toda a comunidade portuguesa.

Segmento Consumo | 1.º Trimestre 2021

No 1.º trimestre do ano, as Receitas do Segmento Consumo registaram um incremento de 3,3% face ao valor de igual período do ano anterior, fixando-se em 305,7 milhões de euros (versus 296,1 milhões de euros no 1.º trimestre de 2020). Esta evolução homóloga espelha novamente a rota de crescimento do Segmento, interrompido unicamente no 2.º trimestre de 2020 pelo confinamento decorrente da situação pandémica.

Face ao trimestre anterior as Receitas apresentaram uma contração de 2,0%, explicada sobretudo pela evolução das Vendas de Equipamentos, que habitualmente é mais acentuada no último trimestre do ano, em resultado da época natalícia ser caracterizada por várias iniciativas e campanhas dirigidas.

A expansão da cobertura em fibra e o portefólio de serviços convergentes potenciaram determinantemente o crescimento da Base de Clientes ao longo do último ano, através da defesa da quota na Angariação e do controlo dos Desligamentos, fatores essenciais para o impulso apresentado pela Receita. .

Segmento de Serviços Empresariais | 1.º Trimestre 2021 [Combina os Segmentos Empresarial – B2B, Wholesale e as restantes Unidades de Negócio da Altice Portugal]

O Segmento de Serviços Empresariais totalizou um valor de Receitas de 243,4 milhões de euros no 1.º trimestre do ano, o que se traduziu numa variação homóloga de +7,6% quando comparado com o total de 226,2 milhões de euros registados no mesmo período do ano anterior. Face ao trimestre anterior apresentou um decréscimo ligeiro de 1,2%, em resultado da contração nas Receitas de Vendas de Equipamentos, normal após a quadra do Natal, e da diminuição das Receitas de Roaming In e Out, pela situação de confinamento decretada neste período.

O primeiro trimestre de 2021 foi caracterizado por uma deterioração da situação pandémica que conduziu ao retorno ao confinamento, e novamente a resiliência da infraestrutura de redes foi colocada à prova. As situações de Work@home, de escola à distância e de vendas on-line aumentaram a procura por banda larga estável e segura e por serviços móveis, tendo a Altice Empresas mostrado agilidade, responsabilidade e robustez para fazer face a novo desafio.

A necessidade de ser criativo continuou a ser uma poderosa força motriz para dar resposta às necessidades evolutivas do tecido empresarial. O sólido desempenho do Segmento e a manutenção da liderança de mercado nas principais linhas de negócios Telco, salienta a natureza crítica dos serviços prestados e o profundo compromisso da Altice Empresas para apoiar os Clientes na transformação digital, muitas vezes imperativa para superar a atual situação de crise global, mas com claro entendimento de que será determinante a prazo mais alargado.