27/07/2022

2.º Trimestre 2022: Receitas da Altice Portugal crescem 16,5%

​​Em todos os principais indicadores operacionais e financeiros, a Altice Portugal revela a trajetória de crescimento, a expansão da liderança no setor e o reforço do investimento. Os resultados do 2.º trimestre demonstram que a estratégia sustentada dos últimos anos continua a resultar no aumento da Base de Clientes, no crescimento da Receita e dos Resultados Operacionais, numa diversificação ímpar do portefólio de produtos e serviços, impulsionada pela inovação, no reforço constante das suas redes fixas e móveis e em elevados padrões de qualidade de serviço.

A empresa finalizou o 2.º trimestre do ano com um crescimento das Receitas em todos os Segmentos, bem como do EBITDA, sendo as variações homólogas de +16,5% e +9,1% respetivamente.

O crescimento dos Negócios Fixo e Móvel, da Base de Clientes e do portefólio de Serviços da Empresa, aliado à concretização de um planeamento estratégico eficaz e às iniciativas operacionais encetadas, foi determinante para a evolução das Receitas neste trimestre. As Receitas atingiram 641,8 milhões de euros, o que se traduziu num impulso decisivo na trajetória deste indicador, após a tendência de crescimento dos últimos trimestres.

De abril a junho de 2022, a Altice Portugal registou 42,8 mil Adições Líquidas nos Serviços Fixos, sendo que os Clientes Únicos do Segmento Consumo cresceram 18,2 mil durante os últimos 12 meses. O Negócio Móvel conseguiu 217,2 mil Adições Líquidas das quais 68,3 mil em Clientes Pós-Pagos neste último trimestre.

Nestes 3 meses, o EBITDA aumentou 9,1% face ao período homólogo de 2021, cifrando-se em 232,3 milhões de euros. Este nível de crescimento do EBITDA assenta na expansão progressiva da Base de Subscritores e no incremento do valor médio aportado impulsionando a Receita, mas também da disciplina de controlo dos custos operacionais.

Mantendo o seu compromisso com Portugal, o Investimento da empresa ascendeu a 122,3 milhões de euros no 2.º trimestre (+4,5% face ao ano anterior), promovendo o reforço na Rede Móvel, que registou uma penetração de 4G de 99,8 no trimestre e, impulsionando novamente a expansão da maior Rede de Fibra Ótica em território nacional, que adicionou mais 59 mil casas novas, totalizando à data 6,13 milhões de casas fibradas no território nacional.

Em simultâneo a Altice Portugal manteve a aposta na tecnologia 5G, tecnologia fundamental para consolidar a estratégia da Altice Portugal, de ligar pessoas com a melhor tecnologia disponível, e que é progressivamente mais visível e utilizável. Exemplo disso foi a primeira cirurgia ao cancro da mama com tecnologia 5G, que uniu Portugal e Espanha. A Fundação Champalimaud, a Altice Portugal e a operadora Movistar foram os participantes nesta iniciativa que colocou a tecnologia 5G ao serviço da Saúde.

Durante o 2.º trimestre de 2022, concretizou-se a amarração do cabo submarino intercontinental Equiano em Sesimbra, dada a singularidade da disponibilidade de infraestruturas específicas e da experiência e know-how da Altice Portugal na indústria. A empresa assinou também um Memorando de Entendimento com um operador de Infraestruturas Submarinas Mediterrânicas, para a amarração em Portugal, em 2024, do cabo submarino Medusa. A Altice Portugal continuou, assim, a consolidar a sua estratégia como player no mapa das comunicações submarinas, reforçando o seu ecossistema de parcerias internacionais em áreas-chave de atividade do setor e da economia.

Em termos semestrais, no 1.º semestre de 2022 a Altice Portugal cresceu as Receitas em 14,0% e o EBITDA em 8,9%, para 1.254,2 milhões de euros e 454,3 milhões de euros, respetivamente, face a igual período do ano passado. O Investimento ascendeu a 225,2 milhões de euros nos primeiros 6 meses de 2022.

Segmento Consumo | 2.º Trimestre 2022. As Receitas do Segmento Consumo demonstraram um desempenho resiliente fixando-se em 320,2 milhões de euros no 2.º trimestre de 2022, o que representa uma variação homóloga de +5,4%. Tal foi potenciado, também, pelo crescimento da Base de Clientes Únicos, que expandiu 1,1% nos últimos 12 meses, do incremento do ARPU e do crescimento da Base de Clientes de Energia e da receita associada, que representa atualmente cerca de 3% do total da receita do Segmento Consumo e que duplicou YoY no 2.º trimestre.

As principais prioridades do Segmento continuaram a ser a diversificação e a inovação da oferta comercial, o estatuto de melhor, pelo cliente, na categoria de experiência de utilização completa, dos serviços disponibilizados, e a liderança em todos os serviços de telecomunicações.

Segmento de Serviços Empresariais | 2.º Trimestre 2022 [Combina os Segmentos Empresarial – B2B, Wholesale e as restantes Unidades de Negócio da Altice Portugal]. As Receitas do Segmento de Serviços Empresariais atingiram o valor de 321,6 milhões de euros, traduzindo-se numa variação homóloga de +30,2%, ou 278,5 milhões de euros, +12,7%, excluindo a contribuição da Unisono no 2.º trimestre de 2022, empresa adquirida em agosto de 2021.

A Altice Portugal manteve-se à frente das tendências digitais em constante mudança, de forma a responder às crescentes exigências e dinâmicas de mercado, na vanguarda da transformação digital da economia e da sociedade. A evolução dos portefólios para serviços e mercados adjacentes e a disponibilização de uma gama mais ampla de serviços críticos aos clientes, incrementou o valor médio e a sua permanência na rede.

Um dos eixos de procura do Mercado é a integração de tecnologias de rede e a conectividade em todas as áreas de negócios, o que permite transformar fundamentalmente a forma como as Empresas operam e agregam valor aos seus clientes. A convergência de serviços Telco e não-Telco na Base de Clientes é também um fundamento para o sólido desempenho financeiro do trimestre, impulsionando a importância das novas linhas de negócio não-Telco, na estrutura de Receitas do Segmento.

No 2.º trimestre do ano, a Altice Labs reforçou o seu track record na exportação de inovação tecnológica, para o mercado global, com produtos e soluções utilizadas em 60 países, nos cinco continentes, beneficiando mais de 300 milhões de pessoas.